Recados e Imagens - Anjos - Orkut


Lilypie Esperando Ticker



A ti meu anjo eu dedico a minha vida, o meu sorriso, a minha alegria.Por ti meu anjo choro e vou chorar ...
Por ti eu sinto amor, ternura, saudade.Saudade que doi e vai doer para sempre. Neste palco que é a vida tu és e serás sempre a minha estrela.


31/05/08

Á espera de um anjo !!!

video
Hoje terminei o teu diário Miguel, colei as ecos, fiz este pequeno video.
Quero terminar aquilo que em vida te prometi, uma história, a tua história, para que enfim possamos descansar os dois em paz, meu menino.
Um beijo grande daqui até ao céu.

30/05/08

Quando voçê acredita

Mensagem enviada pela mãe do Anjo Tomás.
Patricia

28-05-2008 23:39

Tristeza

Hoje mergulhei numa tristeza profunda.Simplesmente acordei assim.Olho para mim e não me reconheço, a alegria desapareceu da minha vida. Tento seguir em frente mas é dificil.Tudo me faz lembrar o Pequeno Miguel. Ontem estive com uma amiga minha que tem uma menina de 13 meses. Olhava para ela e pensava, eu nunca vou poder ver o meu filho a aprender a falar, a andar e a brincar, como ela.Tudo isso me deixou com uma dor e uma tristeza que mais ningúem entende a não ser quem passa pelo mesmo . As pessoas a esta altura esperam de mim que eu me recomponha, que eu esqueça o que aconteceu e que siga em frente. Como vou esqueçer um filho? Nunca...

A morte não é nada...apenas deslizei para a sala seguinte.
Eu sou eu e tu és tu.
Seja o que for que tenhamos sido um para o outro e que sejamos ainda.
Chama-mepelo meu antigo nome familiar, fala comigo naquele tom doce que sempre usaste.
Não coloques entoação nenhuma diferente na voz, nem ponhas um ar forçado de solenidade ou tristeza.
Ri, como sempre ríamos,com as pequenas piadas que juntos apreciáva-mos.

Canon Holland(1847-1918)




Recados Para Orkut



Miguel
A mãe da tua amiga Yara enviou esta imagem para ti meu querido.
Muito obrigado pelo carinho,
Andreia.

ANJO DA VIDA

Hoje veio parar às minhas mãos uma história que achei interessante.
Penso que não foi por acaso.




Duas mulheres, uma idosa e uma jovem viúva, estão sentadas em um quarto, na penumbra. Seus vestidos de luto fazem com que dos seus rostos e mãos emane uma pálida claridade. As mãos da jovem seguram o retrato do marido que acaba de perder a vida. Por muito tempo as duas mulheres ficaram sentadas, sem palavras e sem lágrimas.
Finalmente a idosa tira das mãos da neta o retrato do marido e diz em voz baixa:
Filha, ouve o que te quero dizer - Quando Deus me deu o primeiro filho, ele ficou doente.
Eu, sentada à noite ao seu lado, com uma mão no berço, adormeci e tive um sonho muito estranho detrás de uma cortina longa e densa saiu um anjo escuro e aproximou-se do berço, querendo levar o meu filho. Estendi logo as mãos sobre o berço e gritei: Não, Morte, não te deixo levar o meu filho!
O anjo sorriu e disse:
Não me chamo Morte, chamo-me vida! Preciso levar o teu filho. Ou preferes trocar? Queres este em lugar do bebê? Erguendo ele a cortina, saiu de lá um menino bonito e forte, de pele clara, olhos azuis e cabelos louros em caracóis.
Mas a mim era estranho e gritei:
Não, não o quero! Antes mata-me.
Ninguém pode matar - replicou o anjo - Precisas concordar com a troca! Ou preferes este? O menino desapareceu e em seu lugar apareceu um jovem. Toma este! Vê como ele é belo, seus membros bem proporcionados, corpo e alma com forças vibrantes.
Não, não! - gritei outra vez.
E o anjo disse: - Mas este amarás com certeza. - E mostrou-me a imagem de um homem de barba escura, bronzeado pelo sol e pelos ventos.
Não, - voltei a gritar - nunca o amarei! Vou odiá-lo!
Mas este aqui - o anjo continuou a argumentar comigo: era um velho de ombros largos e cabelos grisalhos.
Não, não, não! Jamais trocarei. Vai embora e não toques no meu filhinho! O anjo sorriu outra vez, dizendo: - Certamente irás trocar e serás feliz. Vida e morte são uma coisa só. A morte não existe. Assim dizendo, desapareceu.
Acordei trêmula, ao lado do berço do meu filho que estavaa dormir tranquilamente. Os anos passaram e eu fui trocando: o bebê pelo menino, o menino pelo jovem, o jovem pelo homem e o homem pelo velho. E fui me lembrando de cada um como o tinha visto no sonho. O grisalho, tu conheces: é meu filho, teu pai!
A jovem viúva ergueu o retrato do marido, dizendo - Mas isto aqui não é troca, é roubo!
Espera - disse a idosa - ainda não terminei. Na noite seguinte o sonho se repetiu. Vi outra vez o menino, o jovem, o homem e o velho e não quis saber nada deles. Mas, depois de mostrar-me tudo como na noite anterior, o anjo disse - Até aqui era só por brincadeira. Agora precisas aceitar uma troca bem mais difícil: aceita este em troca!
Mas não vejo ninguém! - exclamei.
Não podes vê-lo - replicou o anjo.
Mas também não ouço ninguém.
Pois ele não se deixa ouvir - respondeu o anjo.
Eu tateava ao redor- Ninguém está aqui!
E o anjo disse: - Também não o podes tocar.
Então gozas comigo ?
Não. Tu não me entendes. Vou falar de outra maneira. - Tu me darias os teus olhos em troca do teu filho?
Leva-os! gritei. Logo caiu uma escuridão profunda sobre mim, mas ouvia ainda a respiração tranqüila do meu filho, como se fosse uma brisa nocturna deliciosa.
Mas não é ainda suficiente disse o anjo,dá-me a tua audição.
Leva-a! ordenei, e peguei o corpinho de meu filho com as duas mãos, beijando-o ternamente .
Mas ainda não é suficiente, exigiu o anjo novamente.Dá-me todos os teus sentidos.
Leva-os todos! - gritei, e afundei no nada. Onde está o meu filho? Onde?
Podes crer: ele vive. O que desaparece dos sentidos nem por isso está morto. A morte não existe para aqueles que tem Jesus como seu salvador, Deus criou só a vida. Entendes agora? Com estas palavras do anjo acordei. Muitas vezes tenho meditado sobre o que o anjo disse, e comecei a compreender. Muitas vezes somos servos dos nossos sentidos. Mas Deus como Senhor dos mil sentidos consegue transformar o que amamos, mil vezes. São transformações que não nos permitem ver, nem ouvir, nem apalpar. É por isso que falamos da morte. Mas a morte não existe quando se tem Jesus como vida. A vida natural rouba, e dá sem cessar. Se soubermos isto, qualquer sofrimento poderá transformar-se em alegria antecipada . A idosa calou-se. Depois de algum tempo a jovem viúva repousou a cabeça nas mãos da velha, perguntando.
Quem te ensinou tudo isso, amada avó?
A vida, minha filha, a vida... E acrescentou: ...e a morte!

SAUDADE

Recados Para Orkut

18/05/08
Recados Para Orkut

Meu anjo, meu pequeno, meu Miguel

És um presente de Deus,
Que Ele me mandou do céu,
És meu anjo,
Meu pequeno,
Meu Miguel.
Teu olhar é minha luz,
Teu sorriso é como mel,
És meu anjo,
Meu pequeno,
Meu Miguel.
És da minha poesia,
Minha rima no papel,
És meu anjo,
Meu pequeno,
Meu Miguel.
Da minha vida de cores,
És minha tela,
És meu pincel,
És meu anjo,
Meu pequeno,
Meu Miguel.
Nos meus braços és canção,
És o meu lindo troféu,
És meu anjo,
Meu pequeno,
Meu Miguel.
Eu sempre te amarei,
Meu pedacinho do céu,
És meu anjo,
Meu pequeno,
Meu Miguel.

Eliziane Costa da Silva

Passados 3 meses...





Passados 3 meses...





Miguel, faz hoje 3 meses que partiste!
Inesperadamente, sem aviso prévio, foste arrancado de dentro de mim, dos meus braços, e do meu colo! Nunca te ouvi chorar. Fica a lembrança de te olhar e te dizer, como és lindo, meu menino! De te abraçar e te beijar e pensar para comigo chora, Deus vai me conceder esse milagre! Mas não, não foi isso que aconteceu. Recordo-me da Lurdes te agarrar e eu pensei não me leves o meu bem mais querido. Mas a medicação que me deram fez com que deixasse de ter força para actuar, e assim não consegui proferir uma unica palavra e aos poucos roubaram me aquele momento, o unico em que poderia estar contigo. Lembro-me apenas de te desejar um soninho descansado filho.
Acordei mais tarde no recobro, todo o meu corpo tremia, eu já não te tinha comigo. Tinham te levado meu anjo, tinham te levado para sempre, nunca mais pude vêr te ou sentir te nos meus braços. Agora fica a saudade e a dor de não te ver crescer. No fundo paira a esperança de um dia reencontrar te...


10/05/08



ECO DAS 21 SEMANAS + 5 DIAS



video

Miguel, esta é a tua história

10/02/2008

Passei toda a noite com contracções. Pensei ainda são espaçadas, vou aguentar até de manhã.
Cerca das 10 h não aguentei mais, acompanhada pela tia Marisa e pela prima Ana fomos a caminho da maternidade. Estava com medo. Ainda era um pouco cedo para nasceres, mas o maior medo era o do parto. Nervosa, mas ao mesmo tempo contente, lá fomos as três. À medida que estávamos a chegar maiores eram as dores.
Quando cheguei lá, estava a Alice, a Lurdes e a Raquel. Levaram – me para a eco. Quando me fizeram a eco apercebi - me de que algo não estava bem, eu perguntava se estavas bem e ninguém me respondia. Os olhares revelaram aquilo que eu não queria saber, e então finalmente o médico disse : Tenho más noticias - O bébé não tem batimentos cardíacos. O meu mundo desabou naquele momento. Como é possivel em menos de 24 horas acontecer isto!! Foi um virús fatal, em menos de 24 horas atingiu a placenta, acabou com a tua vida meu menino, e com os meus sonhos !! No dia anterior tinha preparado o teu quartinho.Coloquei todas as roupas no roupeiro. Enfim tudo estava pronto para nasceres.
Levaram-me para outra sala com um ecógrafo melhor, queriam ter a certeza. Passei no corredor pela tia e pela prima e pedi para chamarem rapidamente o papá. Não tive coragem de lhes dizer o que se estava a passar. Quando tudo foi confirmado, a Raquel foi buscá-las a chorá-mos as três abraçadas. Eu não queria acreditar que tinhas partido.
Depois disso seguiu-se todas aquelas horas, o conflito entre a razão e o coração. Não queria ter de passar por todo um trabalho de parto, queria que me fizessem cesariana. No fundo eu sabia que isso não era o melhor para mim, mas já doia tanto saber que estavas sem vida, quanto mais passar por todas as dores, a dilatação e no fim não te ter nos meus braços.
Ningém fez o que pedi e o parto foi induzido. Nasceste às 23.12 h. Momento em que te peguei ao colo meu menino, mas em vez de te ouvir chorar, te vi de olhos fechados e sem vida. Eras tão lindo o meu techuguinho ! Tinhas 3100 gr.
O parto não foi muito fácil. Lembro-me da Drª Eugénia falar- é melhor ir para cesariana – recordo-me de dizer – cesariana não, não agora depois de tudo!

Estavam presentes a Lurdes, a Guida, a quem eu sempres disse que seria ela a receber-te, A Lara que acompanhou melhor que ninguém todo o teu crescimento e a Hélia. Eram de facto as pessoas que eu eu sempre disse que estariam lá e por coincidência ou não, elas lá estavam.

Tu nasceste, peguei-te ao colo e abraçei-te. O primeiro e único abraço que pude dar-te.
O papá esteve todo o dia comigo, só não assistiu ao parto porque não o deixaram, mas assim que nasceste a Guida foi buscá-lo e os dois despedimo-nos de ti para sempre.

Terás sempre um lugar no nosso coração.
Os papás nunca te vão esquecer. Vamos recordar te sempre com muito amor.

Para o meu anjo querido

video

As nossas fotos

28/05/08

O Diário da minha gravidez

A mamã e o papá



O nome da minha mamã é: Liliana Mendes


Nasceu no dia: 17/12/1977


Grupo de sangue: Arh +




O nome do meu papá é: Bruno Lourenço



Nasceu no dia: 30/08/1977



Grupo de sangue: Arh +



A mamã está grávida !!



Primeiras Suspeitas:



No dia 12/07/07 a mamã começou a suspeitar. Nesse
dia foi com a Marta Calado ao Fórum e ela obrigou-a a fazer o teste!!
Fez o teste na casa de banho imaginem!!! Ficou louca com o resultado !!

Reacção da mamã:

Ficou um pouco assustada. No dia 13 foi trabalhar e fez análises . O resultado foi um valor de BHCG enorme!!Foi ter com a DRª Mariana com os resultados.Mais tarde ela fez uma eco a comfirmar a minha chegada ! Estavam presentes a Marta Calado e a Raquel. Fui uma sensação de felicidade mas de medo ao mesmo tempo !!!






Reacção do papá:

Não acreditou logo.
Acho que não estava à espera.

A mamã contou - lhe quando estávamos no carro a caminho da casa dos avós. O papá repondeu: Não brinques babe!!!


Anuncio da gravidez


Tinhamos pensado en contar só quando tivéssemos 12 semanas, mas claro que não aguentá-mos!!



Reacção dos avós:


Os avós ficaram muito emocionados. Para os informar fizemos um pequeno vídeo. Foi muito
engraçado!!
No final ficou tudo a chorar !! 1º neto! Diz tudo, não é ?


Querem vêr o vídeo ???





video





Diário da minha gravidez






O primeiro mês

Nem me dei conta, decorreu como qualquer outro e eu nem des-confiava!!
Nesse mês fomos ao casamento das nossas amigas Martas!!
Queres ver como era elegante a mamã?




O segundo mês


Foi aqui que começaram as mudanças!!
Em primeiro lugar não apareceu a menstruação, mas como sou despistada não liguei nenhuma!! Foi a Lara que me alertou!!! Numa daquelas viagens para o maravilhoso curso de preparação para o parto que andávamos a fazer!! Foi aqui que tudo começou!!
Este mês fiz a 1ª eco que veio a confirmar a tua chegada bebé!

DIA 13/07/07 - DIA EM QUE TE VI PELA 1ª VEZ

O terceiro mês


Os vómitos continuaram.
Houve uma altura que pensei em deixar de trabalhar !! Era insuportável!!.

11 semanas - Fui ter com a Drª Mariana para me passar os exames!!
Ando muito ansiosa por causa do rastreio !! Comecei
a andar muito cansada. Os vómitos persistem e trabalhar assim está cada vez mais dificil e desesperante.


Dia 06/09/07 fiz a ecografia com 13 s e 1 d. Foi tão emocionante. Via-se perfeitamente as tuas formas, olhar para aquele ecógrafo e vêr o meu filho a mexer-se, foi das coisas mais bonitas que alguma vez VIVI.
Para o papá era a primeira vez que te via. O que ele sentiu naquele momento? Vamos perguntar-lhe ?

"Bem, a primeira eco é como se imagina, um momento unico, onde se sente um misto de emoções que me deixaram estático, sem reacção alguma! Quando com os olhos colados no ecrân, o médico me disse , o que eu não conseguia vêr- " é um menino"- fiquei ainda pior - Sou mesmo um maricas!!! Depois quando saimos da sala senti um alivio indiscritível - Afinal estava tudo bem."



O médico fazia pressão na barriga, e tu mexias as perninhas e os braços, como que a pensar!! Mas que raio se está a passar!!! Neste dia ficámos a saber que eras um menino. Foi muito giro!! Ficámos muito felizes. Íamos ser pais de um principezinho...






O quarto mês

Neste mês que começei a sentir - te Miguel. Dia 16/10/07, foi quando tomei consciência que de facto o que estava a sentir eras tu a mexer.
É uma sensação estranha, mas muito boa!! O facto de te mexeres em principio significaria que estaria tudo bem!!!
Quando me deito de costas mexes tanto!!! Não deves gostar!
Estamos no final de Outubro e sinto me triste, o papá vai para Angola em trabalho no próximo mês.



O quinto mês

Estamos a entrar no quinto mês. O papá está tão longe!!!
Ando muito triste e ansiosa.
6/11/07 – 21 s e 5 d- Chegou o dia de fazer a eco morfológica.
Gostava tanto que o papá aqui estivesse! Foi a tia Vera quem me acompanhou.
E filmou tudo!! O Dr João Mendes no final tirou uma foto a 3 d, que enviei ao papá.
ÉS TÂO GIRO!!! Tens o nariz tal e qual como o papá!!! AH! AH! Já pesas 550 gr.
16/11/07 – O papá regressou de Angola, está tão abatido, quando o vi no aeroporto só me deu vontade de chorar!
18/11/07 - Hoje o papá vai para o Brasil, estou muito nervosa, tenho medo que alguma coisa corra mal. Começei com contracções e a tensão subiu.Tenho apenas 24 s. As coisas não estão a correr como esperava.Tive que vir para casa de repouso. Desde que tu estejas bem... Só isso importa.


O sexto mês

O papá chegou do Brasil. Foram dois meses tão complicados!!! Deixou-me muito triste ele não acompanhar o teu crescimento.
Estou cansada. Quero que o tempo passe rápido. Não aguento estar em casa sem fazer nada. Estamos no Natal. Já comprei muitas coisas para ti, mandei vir pela net claro, não posso dar meia duzia de passos que fico com contracções. Gostava tanto de andar pelas lojas a fazer o teu enxoval!!!
Já engordei 13 kg, é o que dá estar em casa sem fazer nada! Pareço uma bolinha. Como porque sou gulosa, como porque as náuseas só me passam quando estou com qualquer coisa na bouca! E não faço mais nada que comer e dormir!!!

O sétimo mês

Estamos em Janeiro. É os saldos e eu aqui fechada!
Ando aborrecida. Ainda não nos entregaram a nossa casa.
Quero tanto que nasças logo. Quero poder abraçar te e colocar te no meu colo. Tenho medo que alguma coisa corra mal!!!
24/01/07 – 33 s e 1 d
Ultima eco programada. Foi bom saber que tudo está a correr normalmente. Estás tão grande! 2316 gr . Fiquei com medo. Imagino quando for a hora do parto!!!
Nesta eco não se viu muito bem, o que eu consegui ver melhor foi a tua cara, o narizinho, a boca, os olhos ...


O oitavo mês


1/02 - Estamos em Fevereiro e já falta tão pouco para nasceres.
Estou tão ansiosa!
Não vejo esse dia chegar.



9/02/08 23 h


Acordei muito engripada. Não te sinto Miguel, desde ontem.Decidi ir ao hospital. Fui ter com a Marta, fiz um ctg, os batimentos estão normais, mas apresentas pouca variabilidade. Estou preocupada. Fui ao serviço e estava lá a tia Mariana. Fizé-mos uma eco, segundo ela está tudo bem. Parece que não vais aguentar te muito mais tempo. O colo já tinha 80% de apagamento.


Fiquei um pouco mais tranquila, mas ainda assim preocupada,não gostei do ctg!Ao mesmo tempo fiquei contente de saber que a hora do teu nascimento estava perto!


Hoje montámos o bercinho no teu quarto. Coloquei todas as tuas roupas no roupeiro. E a pintura do teu quarto ficou quase terminada. Está a ficar muito bonito. Estamos preparados para te receber.


Tou com contracções bem mais dolorosas do que é habitual. Vamos lá ver se não te antecipas muito. Gostava que nascesses quando já estivéssemos na nossa casa.

10/02/2008

Tu nasceste, sem vida, e aqui começa outra história...